Pesquisar

 

links

Posts recentes

Primeiro olhar ao próximo...

ESTREIA HOJE SEXTO FILME ...

Reportagem fala da vida d...

Novo filme de Harry Potte...

Brevemente novas informaç...

Trailer Internacional - H...

Novo Trailer de Harry Pot...

Harry Potter e o Principe...

Lançado o site do Harry P...

Os "Contos de Beedle, o B...

Harry Potter nu no sétimo...

Daniel Radcliffe sofre de...

Arquivos

Parcerias

Potterish Top Sites

Profeta 
Diário

Harry Potter Portugal

HP Imagens

Potter News

Contador

Utilizadores Online
Visitas

   
blogs SAPO
RSS
blogs SAPO

PT Bloggers a directoria de blogs Portugueses

Domingo, 4 de Novembro de 2007

"A Ciência e a Magia em Harry Potter"

Em "Harry Potter e a Ordem da Fénix", há uma cena em que vários dos feiticeiros que vivem no mundo mágico paralelo ao nosso vão apanhar o Metro em Londres. À entrada, fazem comentários elogiosos a algumas das invenções dos humanos que não têm poderes mágicos, caso das máquinas que lêem automáticamente os bilhetes e os passes nas estações: "Engenhosos, estes Mug- gles!", exclama o Sr. Weasley.

Os Muggles que pasmam ante os feitiços executados pelos magos de várias faixas etárias nos filmes de Harry Potter (não digam a ninguém que não é magia verdadeira mas sim efeitos especiais de computador, senão estragam o prazer a milhões de espectadores e tiram o sentido a este artigo...) ficam desde já informados que a nossa ciência está a fazer o melhor que pode para emular os espantosos passes de mágica de Potter, Dumbledore, Voldemort e companhia, mobilizando legiões de investigadores.

Quem o diz é o jornalista inglês Roger Highfield, editor de Ciência do diário The Daily Telegraph, que no seu livro "A Ciência e a Magia em Harry Potter" ("The Science of Harry Potter: How Magic Really Works"), foi à procura de exemplos da investigação dos nossos dias que pretendem fazer cair a barreira entre ciência e magia. (Não foi o cientista e autor de ficção científica Arthur C. Clarke que escreveu: "A tecnologia no seu estado mais avançado torna-se indistinta da magia"?).

Em Portugal o livro será lançado no dia 14 de Novembro, pela Editorial Magnólia, onde o "Harry Potter News" teve a oportunidade de receber o livro antes da sua publicação, cortesia pela Editorial Magnólia, onde envio os meus sinceros agradecimentos.

Como escreve Highfield num artigo em que sintetizou alguns dos aspectos do seu livro, "é com satisfação que comunico que a ciência Muggle está a chegar rapidamente cada vez mais perto dos estranhos fenómenos das maldições, feitiçarias e encantamentos".

Seguem-se quatro exemplos entre os vários recenseados pelo jornalista no seu livro.

Apaga-memórias:

Quando lançam o feitiço apagador de memória baptizado Obliviate, os alunos da Escola de Magia de Hogwarts apagam a memória e as recordações daqueles aos quais ele é dirigido. Pois Richard Highfield informa que um estudo do Dr. Andre Fenton e da sua equipa da Universidade de Nova Iorque mostra que o apagamento de recordações de longo termo no cérebro é "um facto científico". Como? Através da eliminação de uma molécula que é parte fundamental do mecanismo que ajuda a manter as memórias vivas no cérebro.

O Dr. Fenton e a sua equipa já conseguiram apagar uma memória que tinha ficado armazenada no cérebro de um rato durante um mês e permitia ao animal evitar os choques eléctricos. A descoberta será usada para tratar desordens como o stress pós-traumático ou a epilepsia, entre outras.

Invisibilidade:

Harry Potter tem uma capa mágica que lho permite. Uma equipa liderada por Sir John Pendry, do Imperial College de Londres, mostrou, através de um modelo de computador, como uma "capa virtual" poderia funcionar fazendo as ondas luminosas flutuar à volta de um objecto. Essa capa seria fabricada a partir dos chamados "metamateriais", ou seja, cuja estrutura pode ser manipulada a nível atómico para modificar a maneira como interagem com as ondas luminosas. Tal objecto não teria reflexo nem sombra.

Regenerar o corpo:

Que tal um nariz novo para Lord Voldemort? Harry Potter, esse, viu crescerem-lhe os ossos de um braço que foram tirados por Gilderoy Lockhart graças a uma poção chamada Skele-Gro. No mundo real, a Prof. Ellen Heber-Katz, do Winstar Institute de Filadélfia, descobriu que os buraquinhos que fez nas orelhas de um rato de laboratório tinham desaparecido um mês depois. O tecido havia-se regenerado. sem deixar qualquer cicatriz. Nunca nada semelhante havia sido visto num animal destes. Os investigadores agora procuram detectar as combinações genéticas que estão na base do fenómeno. Conseguir voltar a fazer crescer dedos e até membros é o sonho de Heber-Katz.

Antigravidade:

A NASA, as Universidades de Sheffield e de Manchester, o CERN, em Genebra, e os Centros de Pesquisa da Áustria, entre outras entidades, estão a trabalhar no equivalente das vassouras dos feiticeiros do mundo de Harry Potter, para poderem permitir a qualquer ser vivo ou objecto libertar-se das leis da gravidade, e não apenas aos aviões, foguetes e afins. Um investigador austríaco foi até inspirar-se na ciência da série O Caminho das Estrelas para elaborar modelos que lhe permitam simular a almejada antigravidade Mas como diz diz o Dr. Brian Cox, da Universidade de Manchester, "não espero tão cedo ir a flutuar de Manchester ao CERN".

Brevemente, divulgaremos mais informações sobre este livro, nomeadamente o seu preço de venda e uma pequena crítica feita pelo HPNews.
Publicado por Cornelius Fudge às 14:18

link do post | comentar | favorito

Sondagem

Qual deve ficar a situação do blog HPNews?
Continuar aberto
Definitivamente encerrado
Votar
resultado parcial...

Medalhas

Medalha de Ouro
Medalha de Ouro

Talismãs da Morte

O sétimo filme da série, Harry Potter e os Talismãs da Morte vai ser dividido em duas partes, para fazer jus à história final criada por J.K. Rowling. O filme estreará nos cinemas em Novembro de 2010 (Parte I) e em Julho de 2011 (Parte II).

Medalha de Prata
Medalha de Prata

David Yates

David Yates, ganhou o prémio de "Melhor Realizador" no Empire Awards 2008 por ter realizado Harry Potter e a Ordem da Fénix. Neste momento, encontra-se a realizar o sétimo filme, "Harry Potter e os Talismãs da Morte" que será dividido em dois filmes. David Yates é, assim, o realizador da série Harry Potter por ter dirigido mais de dois filmes da franquia.

Medalha de Bronze
Harry Potter

Medalha de Bronze

Um estudo feito pelo médico Jeffrey Rudski, afirma que a saga Harry Potter é tão viciante como uma droga. Além disso, alguns dos fãs que participaram na pesquisa passam mais de quatro horas diárias em actividades ligadas a Harry Potter, onde alguns dizem que sentem que uma parte deles morreu!

Créditos

O HPNews detém de todo o domínio do design e respectivos conteúdos aqui presentes.
© Todos os direitos reservados | A marca Harry Potter é da exclusividade da Warner Bros., J. K. Rowling e respectivas editoras.
Qualquer conteúdo aqui presente que seja copiado sem a devida autorização do Webmaster será imediatamente comunicado às autoridades competentes.

Harry Potter News | 2005-2007

Creative Commons License
Harry Potter News is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 2.5 Portugal License.